Réveillon: 6 dicas para ajudar seu pet com a queima de fogos de final de ano

Sem dúvidas o final de ano para muitos animais é um estresse, principalmente com a tradicional queima de fogos, pois muitos costumam ficar assustados e alguns até agitados.

As festas de final de ano podem não ser tão boas para eles como é para nós, e quem tem um animal de estimação precisa se preocupar com isso.

Esse estresse com os pets acontece porque eles costumam se assustar e mudar seu comportamento radicalmente por conta do excesso de barulhos gerado pelos fogos e rojões, que aumentam muito nessa época do ano, e muitas vezes é um evento, que seu vizinho ou até mesmo você  gera isso e nem percebe.

E para ajudar você e seu pet, preparamos algumas dicas, isso deverá reduzir esses sintomas como medo e ansiedade, eles costumam às vezes ficar irritados nesse período.

Caso ainda assim seu pet continue tendo problemas, recomendo levar a um veterinário que poderá ajudá-lo. Mas as dicas são simples, você mesmo poderá dar conta do recado.

Confira agora 6 dicas para ajudar seu pet com as festas de final de ano

Cuidados com cães nas festas de final de ano

1 – Evite deixar seu cão preso em correntes na hora dos fogos, nesses momentos ele pode ficar agitado e com estresse mais elevado e se enrolar e machucar.

2 – Procure deixar seu pet em um local com o mínimo de ruído possível, isso ajudará a mantê-lo mais calmo, procure em sua casa um local em que  o barulho é menor possível, será ideal para a segurança dele.

3 – Procure manter as portas e janelas trancadas, isso ajudará que o seu animal não fuja, é comum nessa época do ano animais se perderem, eles costumam se assustar tanto com o excesso de barulho que podem sair correndo e sumir. Verifique se esta tudo fechado e seguro para que ele não escape.

4 – Algodão é seu amigo, você pode colocar um chumaço de algodão parafinado (hidrófobo) nos ouvidos de seu pet para reduzir o ruído, mas não se esqueça de retirar logo que todo o barulho terminar, isso pode causar infecção se ficar por muito tempo.

5 – Existe uma técnica chamada TTouch, ela consiste basicamente em atar o cão com um pano para que a circulação sanguínea do corpo do animal seja estimulada, isso diminui as tensões e irritabilidade do animal.

6 – Acredito que essa seja a principal dica, nunca deixe seu pet sozinho nos momentos de pânico e medo. A companhia de alguém conhecido e amigo ajuda a reduzir o estresse e aumenta a segurança, afinal nos momentos difíceis ninguém gosta de ficar sozinho certo?

Nada melhor que cuidarmos bem de nosso querido amigo, não sei com você mais meu pet é parte da família!

Leia também :Quais são os cuidados com seus pets para evitar acidentes no Natal.

E na dúvida sempre procure consultar um veterinário, ninguém melhor que um profissional para ajudar com as dúvidas.

Aproveite bem esse período com seu PET e boas festas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *